22 de jan de 2008

Bronstein x Fischer

O primeiro torneio de xadrez aqui nos EUA foi um de 30 min/jogador, no All The King's Men, uma loja enorme de material de xadrez que também organiza torneios como se fosse um clube. É onde a maioria dos jogadores fortes de Detroit vai jogar ping.
As regras nos EUA são algo diferente das do resto do mundo (leia-se FIDE). E em Michigan é diferente do resto dos EUA. Por ex: existe o empate após 20 lances sem captura de peça ou movimento de peão(nos próximos posts vou falar sobre essas diferenças). No entanto, o que mais me criou dificuldades foi o sistema Bronstein, que é o utilizado por aqui quando usam o relógio eletrônico (e quase todos usam), e não o sistema Fischer adotado pela FIDE: o segundo adiciona alguns segundos a cada lance, enquanto o primeiro não marca o tempo por alguns segundos. Perdi várias partidas no tempo até entender o que estava acontecendo. No próximo post vou comentar sobre os prêmios dos torneios daqui.
See you later, folks.

Publish Post

4 comentários:

lola aronovich disse...

O nome do blog é uma maravilha! Quem foi o gênio que sugeriu esse nome?

Liris Tribuzzi disse...

O maridão da Lola tem um blog!

lola aronovich disse...

Como vc descobriu, Liris? É, esse vai ser um daqueles blogs fantasmas, atualizados anualmente... Ele nao gosta de escrever. Só fez o blog como teste pro meu. Mas tomara que ele se anime. Aliás, o nome do blog não é uma maravilha? Foi criação minha!

Liris Tribuzzi disse...

Eu 'gansei' no perfil dele e tem o blog! heheheheh